Como diz o sábio Chapolin Colorado: - sigam-me os bons!

Para leitura completa dos versículos disponíveis nas postagens do Blog, todos os links são de acesso direto ao capítulo referente no BIBLIAONLINE.


3 de novembro de 2017

 “Uma coisa peço ao SENHOR, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do SENHOR e meditar no seu templo”. (Salmos 27.4)

O Rei Davi é um grande exemplo, no Antigo Testamento, de alguém que sempre manteve o foco em somente buscar a Deus acima de qualquer situação. Nós, universitários ou pré-universitários, somos constantemente bombardeados com tarefas diárias: provas, seminários, estágio ou obrigações de casa e do dia-a-dia. E isso faz com que não tenhamos um tempo de qualidade com o nosso Criador, deixando de lado a única coisa que realmente importa nessa vida: se relacionar com Ele.

Nos dias de hoje, possuímos muitas coisas em comum com Davi, que também tropeçava em pecados, chorava, tinha momentos de profunda angustia e tristeza que o faziam entrar em depressão. Assim como nós, ele vivia cercado de problemas. Mas ainda assim era chamado de o “homem segundo o coração de Deus”, pois era um homem de oração e que buscava a Deus de forma sincera.

Mas afinal, qual era o segredo de Davi para ter tamanha paixão para com o Senhor? Era a sua confiança nEle. Davi não enxergava Deus fisicamente, e também não ouvia Sua voz de forma audível. Porém, estudava e meditava muito nos livros de Moisés. Ele conseguia se relacionar com o Criador através das Escrituras, a quem servia independente das circunstancias ao seu redor, do medo, das angustias e coisas que davam errado. Davi conseguia passar por tribulações devido ao seu relacionamento íntimo com o Senhor. Não houve deserto em seu coração, embora não faltasse deserto à sua volta. Olhe para Davi e seu coração, pois ele buscava o Pai de uma forma centrada; procurava morar na Casa do Senhor todos os dias e a tocar o deleite dEle. A paixão de Davi existia porque ele era satisfeito e realizado em Deus. Ele amava o Soberano porque sentia um grande amor vindo do Próprio.

Não se contente com um relacionamento raso com Deus. Se entregue a para viver algo profundo com Ele. Assim como diz no livro de Ezequiel, capitulo 47, que a sua torrente de água purificadora nos inunde, para que possamos entrar cada vez mais fundo em um relacionamento com o Pai. Peça ao nosso Criador por um despertamento incontrolável de busca-Lo, onde a nossa paixão e foco estejam totalmente voltados em Cristo; e que Ele venha e faça morada em nós.

14 de outubro de 2017

Deserto é local de passagem e não de moradia


DEUS não criou o deserto para ser morada permanente, mas, sim, um lugar de posicionamento na presença do Senhor. É um momento em que seguramos na mão de DEUS, redobramos a nossa fé e somos conduzidos à terra prometida. “Se o Senhor se agradar de nós, então nos introduzirá nesta terra e no-la dará; terra que mana leite e mel” (Nm. 14:8).

Deserto é local de se conhecer a si mesmo
Neste lugar ermo, solitário, conhecemos, na íntegra, o nosso “eu”. Entramos em contato com nossas angústias. É um lugar de total aprendizado, onde o nosso coração se revela sem reservas para DEUS. É um lugar onde buscamos um caráter diferente e entendemos que precisamos ser servos para receber as promessas. “Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração” (Os. 2: 14).

Deserto é lugar de encontro com DEUS
Simboliza um momento de muita angústia, de muito sofrimento, como quando, por exemplo, perdemos entes queridos, passamos por períodos de doenças físicas, emocionais, por dificuldades financeiras, entre tantas outras situações que, verdadeiramente, caracterizam um deserto. Neste momento, não temos que temer, porque agora, estamos vivendo o nosso encontro com DEUS.


No deserto, aceitamos o chamado do Senhor. “Porque o Senhor consolará a Sião, e consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Éden e a sua solidão, como o jardim do Senhor; gozo e alegria se acharão nela, ações de graça e voz de melodia” (Is. 51: 3).

O deserto é lugar de fortalecimento. Se o Senhor nos permite passar pelo deserto é porque Ele está conosco, liberando cura, salvação, restauração e milagres!


Louvo pela vida da Dra. Bárbara Yara Santana Marquês Menezes Mestre em Ciências da Saúde – Área de Reabilitação pela UNIFESP, psicóloga e líder da Rede de Mulheres Peniel e membro do corpo de psicólogos e psiquiatras cristãos da Igreja Metodista Renovada que compartilhou comigo essas palavras poderosas. Deus possa abençoar ela grandemente! 

7 de outubro de 2017

A pior coisa que você pode dar pra Deus é uma desculpa



"O teu futuro não é construído pelas orações de domingo, mas pelas decisões de segunda-feira". A frase em tom de alerta foi compartilhada pelo pastor e conferencista Tiago Brunet em uma de suas pregações, meses atrás, quando compartilhou uma Palavra com a Igreja Comunidade de Fé.

Tiago destacou que apesar da Bíblia ser cheia de promessas para os seguidores de Jesus, ela também indica princípios a serem seguidos e alertou àqueles que têm buscado "desculpas" para não se empenhar em cumprir tais instruções preciosas dadas por Deus.

"Sempre quando Deus nos pede alguma coisa, temos uma boa desculpa. Deixa eu te falar uma coisa: Deus te levanta até dos teus fracassos, mas nunca das tuas desculpas", alertou. "O teu futuro é construído pelas decisões que você toma e não pelas desculpas que você dá; não é construído pelas orações de domingo, mas pelas decisões de segunda-feira".


Frutos
O pastor também lembrou que um cristão que não frutifica entristece fortemente o coração de Deus.

"Dar frutos não é questão de status no Reino de Deus e sim uma questão de sobrevivência. Eu nunca vi na Bíblia, Jesus amaldiçoar um mendigo, uma prostituta ou qualquer que fosse o pecador, mas uma árvore sem frutos, Ele amaldiçoou", destacou.

Tiago alertou que o fato de ser 'espiritual' aos domingos, na Igreja, e ter uma atitude de comodismo em outros ambientes (como no trabalho, por exemplo) não tem qualquer coerência na vida de um cristão.

"No domingo, todo mundo é espiritual, mas na segunda-feira, que a gente está lá fora, na batalha, na guerra, no dia a dia é aí que a gente mostra quem é. Deus está muito mais interessado na tua segunda-feira que no teu domingo", afirmou.


Princípios e promessas
Segundo o palestrante alertou, muitos cristãos têm se iludido por falta de conhecimento bíblico ou por não entender os contextos de cada passagem bíblica que envolvem as promessas.

"Nós perdemos a oportunidade de dar frutos no Reino, porque não atentamos para toda instrução que vem antes das promessas", destacou. "Antes de toda promessa, vem uma instrução, sem excessão [...] Mas como a gente não sabe ler, só foca na promessa".

"Você não segue a instrução, mas quer o cumprimento da promessa. Mas só quando você cumpre os princípios Deus cumpre as promessas, porque toda promessa está atrelada a um princípio".


O texto acima foi publicado primeiramente no guiame.com e a eles pertence. 






O Pr. Tiago tem sido meu pastor, meu mentor.  Enviado de Deus para ser meu instrutor não apenas da palavra de Deus, mas também como desenvolver as minhas habilidades e competências e ser a melhor versão de mim mesma. Tem me ensinado a descobrir o meu propósito de vida por meio do meu ICP e como alcança-lo. Compartilho aqui um pouco das palavras dele, mas fica também o convite para conhecer outros vídeos CLICANDO AQUI assistam! 

O que tenho aprendido com ele em poucos dias, gostaria de ter tido oportunidade de saber bem antes. Vem a reflexão de como seria a Beatriz se ela tivesse lido melhor a bíblia, prestado atenção nas instruções, tivesse sido mais diligente no cumprimento dos princípios bíblicos?


2 de outubro de 2017

Estou coração partido, mas tenho em Deus toda a minha confiança

Um coração partido é epicamente maior do que uma mera decepção e entra em nossas vidas com uma força que deixa tudo mudado para sempre. Um coração partido vai deixar você com dor e pesado com tristeza. Um coração partido vai deixar você sem fôlego.

Deus sabia que, enquanto vivêssemos deste lado do céu, que haveria pessoas, eventos e problemas que iriam quebrar o coração de Seus filhos amados e assim Ele tem um plano para o momento mais devastador de sua vida.

A palavra "quebrado" em hebraico é a palavra Shabar e significa "rasgar violentamente, quebrar ou esmagar; Mutilar, aleijar, derrubar ou quebrar" O hebraico antigo é uma língua muito descritiva e por isso esta palavra Shabar vem não só com uma definição, mas também com situações em que ela foi usada. Esta palavra foi usada para descrever navios que haviam sido estilhaçados e rasgados de proa a popa devido aos ventos ferozes e selvagens. Também foi usada para descrever a ação de rasgar e romper que selvagens, bestas vorazes realizavam em suas presas. Poderia ser traduzida literalmente como "os de coração rompido."

A palavra para "coração" nesta Escritura em particular é a palavra Leb e ela está se referindo à alma ou o coração de um homem. Ela engloba o caráter moral, apetites, emoções, paixões e até a mente e a memória.

Quando o salmista declara que "O Senhor está perto daqueles de coração quebrado", suas palavras são palavras ditas com cuidado e grande compaixão. Ele está lembrando a toda a cristandade nas épocas ainda por vir que o Senhor é amorosamente atento àqueles que estão sofrendo uma dor inimaginável. Esta dor pode ter sido causada por uma grande tempestade em sua vida ou por uma pessoa selvagem e feroz, mas o Senhor está em pé ao seu lado atentamente prestando atenção diligente ao seu coração despedaçado e sangrando.

Se você já sofreu com essa condição torturante, posso assegurar-lhe que você nunca esteve fora do cuidado de Deus. Se, hoje, você está emocionalmente dilacerado e quer saber como você vai passar por isso mais um dia, eu quero te confortar com a certeza de que Ele está com você agora.



Salmos 34

1 Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca.
2 A minha alma se gloriará no Senhor; os mansos o ouvirão e se alegrarão.
3 Engrandecei ao Senhor comigo; e juntos exaltemos o seu nome.
4 Busquei ao Senhor, e ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores.
5 Olharam para ele, e foram iluminados; e os seus rostos não ficaram confundidos.
6 Clamou este pobre, e o Senhor o ouviu, e o salvou de todas as suas angústias.
7 O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra.
8 Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia.
9 Temei ao Senhor, vós, os seus santos, pois nada falta aos que o temem.
10 Os filhos dos leões necessitam e sofrem fome, mas àqueles que buscam ao Senhor bem nenhum faltará.
11 Vinde, meninos, ouvi-me; eu vos ensinarei o temor do Senhor.
12 Quem é o homem que deseja a vida, que quer largos dias para ver o bem?
13 Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano.
14 Aparta-te do mal, e faze o bem; procura a paz, e segue-a.
15 Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor.
16 A face do Senhor está contra os que fazem o mal, para desarraigar da terra a memória deles.
17 Os justos clamam, e o Senhor os ouve, e os livra de todas as suas angústias.
18 Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito.
19 Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.
20 Ele lhe guarda todos os seus ossos; nem sequer um deles se quebra.
21 A malícia matará o ímpio, e os que odeiam o justo serão punidos.
22 O Senhor resgata a alma dos seus servos, e nenhum dos que nele confiam será punido.


Esse devocional por criado e publicado primeiramente por Carol McLeod do Just Joy Ministeries e gostaria de vir partilhar com todos vocês. 

25 de setembro de 2017

A melhor maneira de você agradar a Deus é deixando-o fazer as coisas por você. Não é tanto o que você pode fazer para Ele, mas o pouco que você permite que Ele faça por você. É diferente. 

No momento em que as pessoas entregam as suas ofertas, elas o fazem por duas razões: por um amor tremendo por Deus ou por culpa, ou seja, quando as pessoas estão vivendo sob culpa ou com pecados, eles acham que podem aplacar a consciência pecaminosa, dando coisas para Deus. Não é assim. Deus não está interessado no seu serviço, mas em você. 

Ele quer o nosso coração,  mas sem amarras ou espaços ocupados por vícios,  idólatras,  lascívia, etc.  Ele quer fazer morada em nós,  mas para isso precisamos nos render ao seu Espírito e abrir nosso coração. Esvaziar os cômodos poluídos e permitir que Ele nos transforme. Dividir nossos medos e anseios e saber reconhecer que os desígnios de Deus são sempre agradáveis e perfeitos.  

23 de setembro de 2017

Música do dia:




Hoje acordei com a intenção
De te falar tudo que eu vi
E percebi você fazendo a mim
Sem merecer me dando de melhor

A tempestade se passou
Quando eu ouvia só trovões
Brilhou o sol tão lindo e me aqueceu
Depois da chuva que me encharcou

Eu te agradeço
Só te agradeço

Eu te agradeço
Por toda graça que me deu
Todo amor que ofereceu
Sem eu merecer
Eu te agradeço
Pois sei que um dia me escolheu
E entregou tudo que era seu
E me fez viver


15 de setembro de 2017

O que você tem pedido a Deus que Ele ainda não respondeu? O que você pode fazer para garantir que você não irá desistir de pedir e buscar a Deus através da oração por este pedido?

14 de setembro de 2017

Sem fé é impossível agradar a Deus



Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Pois foi por meio dela que os antigos receberam bom testemunho. Pela fé entendemos que o universo foi formado pela palavra de Deus, de modo que aquilo que se vê não foi feito do que é visível.

Pela fé Abel ofereceu a Deus um sacrifício superior ao de Caim. Pela fé ele foi reconhecido como justo, quando Deus aprovou as suas ofertas. Embora esteja morto, por meio da fé ainda fala.

Pela fé Enoque foi arrebatado, de modo que não experimentou a morte; “e já não foi encontrado, porque Deus o havia arrebatado”, pois antes de ser arrebatado recebeu testemunho de que tinha agradado a Deus. Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. 

Pela fé Noé, quando avisado a respeito de coisas que ainda não se viam, movido por santo temor, construiu uma arca para salvar sua família. Por meio da fé ele condenou o mundo e tornou-se herdeiro da justiça que é segundo a fé.

Pela fé Abraão, quando chamado, obedeceu e dirigiu-se a um lugar que mais tarde receberia como herança, embora não soubesse para onde estava indo. Pela fé peregrinou na terra prometida como se estivesse em terra estranha; viveu em tendas, bem como Isaque e Jacó, co-herdeiros da mesma promessa. Pois ele esperava a cidade que tem alicerces, cujo arquiteto e edificador é Deus. Pela fé Abraão—e também a própria Sara, apesar de estéril e avançada em idade—recebeu poder para gerar um filho, porque considerou fiel aquele que lhe havia feito a promessa. Assim, daquele homem já sem vitalidade originaram-se descendentes tão numerosos como as estrelas do céu e tão incontáveis como a areia da praia do mar. Todos esses viveram pela fé e morreram sem receber o que tinha sido prometido; viram-no de longe e de longe o saudaram, reconhecendo que eram estrangeiros e peregrinos na terra. Os que assim falam mostram que estão buscando uma pátria. Se estivessem pensando naquela de onde saíram, teriam oportunidade de voltar. Em vez disso, esperavam eles uma pátria melhor, isto é, a pátria celestial. Por essa razão Deus não se envergonha de ser chamado o Deus deles e lhes preparou uma cidade.

Pela fé Abraão, quando Deus o pôs à prova, ofereceu Isaque como sacrifício. Aquele que havia recebido as promessas estava a ponto de sacrificar o seu único filho, embora Deus lhe tivesse dito: “Por meio de Isaque a sua descendência será considerada”. Abraão levou em conta que Deus pode ressuscitar os mortos e, figuradamente, recebeu Isaque de volta dentre os mortos.

Pela fé Isaque abençoou Jacó e Esaú com respeito ao futuro deles. Pela fé Jacó, à beira da morte, abençoou cada um dos filhos de José e adorou a Deus, apoiado na extremidade do seu bordão. Pela fé José, no fim da vida, fez menção ao êxodo dos israelitas do Egito e deu instruções acerca dos seus próprios ossos.

Pela fé Moisés, recém-nascido, foi escondido durante três meses por seus pais, pois estes viram que ele não era uma criança comum e não temeram o decreto do rei. Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa. Pela fé saiu do Egito, não temendo a ira do rei, e perseverou, porque via aquele que é invisível. Pela fé celebrou a Páscoa e fez a aspersão do sangue, para que o destruidor não tocasse nos filhos mais velhos dos israelitas. Pela fé o povo atravessou o mar Vermelho como em terra seca; mas, quando os egípcios tentaram fazê-lo, morreram afogados.

 Pela fé caíram os muros de Jericó, depois de serem rodeados durante sete dias. Pela fé a prostituta Raabe, por ter acolhido os espiões, não foi morta com os que haviam sido desobedientes.

 Que mais direi? Não tenho tempo para falar de Gideão, Baraque, Sansão, Jefté, Davi, Samuel e os profetas, os quais pela fé conquistaram reinos, praticaram a justiça, alcançaram o cumprimento de promessas, fecharam a boca de leões, apagaram o poder do fogo e escaparam do fio da espada; da fraqueza tiraram força, tornaram-se poderosos na batalha e puseram em fuga exércitos estrangeiros.

Houve mulheres que, pela ressurreição, tiveram de volta os seus mortos. Uns foram torturados e recusaram ser libertados, para poderem alcançar uma ressurreição superior; outros enfrentaram zombaria e açoites; outros ainda foram acorrentados e colocados na prisão, apedrejados, serrados ao meio, postos à prova, mortos ao fio da espada. Andaram errantes, vestidos de pele de ovelhas e de cabras, necessitados, afligidos e maltratados.

O mundo não era digno deles. Vagaram pelos desertos e montes, pelas cavernas e grutas. Todos esses receberam bom testemunho por meio da fé; no entanto, nenhum deles recebeu o que havia sido prometido.

Deus havia planejado algo melhor para nós, para que conosco fossem eles aperfeiçoados.
Hebreus 11:1‭-‬40 NVI

13 de setembro de 2017

Confie sempre em Deus



Se a confiança em Deus é vital para a salvação, todo momento de tragédia é, na verdade, uma oportunidade. Afinal, confiança não nasce quando está tudo bem e a vida segue sem sobressaltos. É quando tudo está prestes a faltar que "O Senhor é meu pastor e nada me faltará" faz mais sentido. O sofrimento é, portanto, uma oportunidade de exercitar aquilo de que carecemos mais desesperadamente, a confiança em Deus!

Esta inspiração foi extraída do livro Ouse Crer do autor Marco Aurélio Brasil publicado pela Casa Publicadora Brasileira.

12 de setembro de 2017

"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba".

Tenho vivido a potencialidade de ofertar esse amor. Infelizmente não é exagero ou poesia de minha parte (queria que fosse), mas Deus mostrou que minha libertação em relação diversos traumas amorosos viria se eu desse as pessoas 1 Coríntios 13 não da boca pra fora. Eu pensei "como é possível?"

No decorrer das semanas a resposta chegou como um furacão e fui convidada a estar no deserto para falar de amor. Enquanto me lançava no pó para pedir paz na angústia e respostas as minhas inúmeras dúvidas me foi revelado que uma pessoa havia ofertado meu nome em um local para realização de obras malignas (este ato o foi motivo de uma série de situações ruins). Estava em constante oração, jejum, doutrina. Não entendia como porta lacrada entra a desgraça. 

Sabe quando você está em um barco que está naufragando e não duvida nem por um segundo que Deus é perfeito e mesmo situações angústia o nome dele merece ser dado louvores? Foi o que fiz. Chorei nos pés do Senhor. Meu chão sumiu, mas eu não precisava de um. 
Precisava apenas olhar para o céu.

Entreguei a minha vida a Deus e a um jejum tão intenso (Ester 4: 13-17) e orações constantes. Foi então que ao final do primeiro dia eu pude senti algo que nunca havia experimentado. No lugar de qualquer sentimento ruim, dor, mágoa, inconformismo (com a pessoa, não com Deus) e ainda ter lidar com os destroços e etc... eu senti algo sobrenatural. Eu amei e amei com força tão insana. Desejei que assim como Paulo que o amor de Deus pudesse ser derramado pela vida dessa pessoa de forma tão pura. Ela pudesse sentir o amor que eu estava sentindo. O fogo do Espírito. A glória de Deus e uma paz que excede a compreensão. Que o arrependimento viesse sobre ela assim como veio sobre mim e por meio dele a cura, com a cura a mudança e assim por diante....

Soube no último dia o nome de quem fez e o choque do nome me fez chorar com dor tão grande que pensei fosse morrer, mas não era contra carne a minha luta (efésios 6:12). Meus pedidos eram genuínos e não ia permitir desmoronar por causa da importância de quem fez, mas sim pedir com mais força a Deus que esta pessoa pudesse encontrar com Deus como eu me encontrei. Quis abraçar ela. Pedi que Espírito Santo pudesse ir de encontro aquela vida. Não havia nada em mim além de amor, mas orei que a força deste mudasse a história da vida dela.

Dias passaram, mas minhas orações não. Lembra da pergunta sobre a porta lacrada? Duas semanas depois soube que Deus havia permitido. Deus permitiu. Eu chorei, chorei e chorei muito. Foi como levar um tiro no rosto e outro no peito. Pensei: tudo bem! O senhor não me ama por permitir isso, mas eu o amo muito e não quero estar em outro lugar a não ser em teus braços. Implorei a Deus não se afastasse de mim. Eu não queria ir a nenhum outro que não tivesse Ele comigo. Entreguei meu coração, meus sonhos, meus planos. TUDO no altar de Deus. Saber que Ele permitiu tudo isso não ia ser motivo para voltar para o mundo. Não há nada lá que me interesse. Era melhor estar em lagrimas, mas com Deus do que em lágrimas no mundo. 

Doeu, mas a gente não morre com choro. Mesma semana pregaram sobre Jó (Jó 1) no culto e soube que Deus não havia me deixado. Soube então que Deus quis me instigar a sair do banco. Estava meses em um propósito de oração (se lembra quando disse ali acima). Porém estava em um propósito pessoal devido algo que Deus tinha dito eu apressar. Este proposito possui data marcada e tudo e exigia muito de mim. 

Deus é soberano. Os desejos dEle são diferentes dos nossos. Ele queria mais. Muito mais de mim. Deus sempre quer, mas as vezes a gente não percebe. Eu estava casa alicerçada na rocha e testificando da fé, mas não pregando. Até ali nem pregar eu sabia que era meu ministério. Em questão de semanas para que Deus pudesse ver cumprido sobre a minha vida e sobre a vida do povo dEle tudo mudou. E perdi algo muito precioso. Engraçado que o que parecia ter tornado caos e bagunçado toda a minha vida na verdade estava exatamente como deveria estar. Sim, fiquei surpresa também quando Deus me disse: "Filha tu olha pra tua vida e diz " Pai esta tudo fora do lugar. Esta tudo bagunçado". Eu Deus te falo: está exatamente como tem que estar e digo ainda faça a minha obra e eu cuidarei do resto". Deus é perfeito. Queria que eu confiasse no propósito que Ele me deu, mas usasse toda a minha energia pelas pessoas. Você precisa agilizar isso pelo teu ministério, mas dedique os teus dias a fazer as obras pelos meus filhos. Interceda por eles. Aconselhe eles. Jejue por eles. 

Colocou o enfrentamento de lidar com perdão e amor. Justamente duas palavras que levo no pulso e sofro diariamente em conseguir honrar. Tudo isso me fez repensar sobre relacionamentos amorosos., familiares, amigos e etc.... Se relacionar com pessoas é bastante complicado, mas Deus nos ensina a amar até mesmo aqueles que não sabem retribuir ou quem não merece ser amado (mas isso eu deixo para contar um outro dia) Espero que assim como eu vocês também não coloquem seus corações em masmorras. Entreguem para Deus. Quer lugar mais seguro? E confiem que quem serve a Ele nosso Pai todo poderoso em Espirito e em verdade certamente está perto da chave e saberemos que são pessoas boas para termos por perto. 

Não tenho ainda resolução dessa história. O tempo de Deus não é o meu tempo. Prossigo confiando e acreditando na vitória! Jó orou por seus amigos e venceu a batalha. Estou lutando para vencer a minha.

5 de setembro de 2017

Porque eu gosto da escrita sincera

De sentir palavra por palavra penetrando em minhas veias. Sentir o calorzinho das sílabas saindo de minha boca, assim como gosto de sentir os raios de sol durante o inverno. 

Gosto da escrita com sabor de algodão doce e cheiro e amoras frescas. O que é mais bonito que a inocência de uma criança? Um sorriso espontâneo, correr atrás de uma borboleta, soprar um dente de leão e dançar ouvindo a gostosa melodia dos pássaros. 

O que pode ser melhor que deitar em um jardim e admirar o gigante quadro negro que é o céu? Ver seus milhares pontinhos brancos dando brilho à noite e à alma. Sentir o sereno caindo e adormecer ao som da natureza. Imagine o quão maravilhoso é acordar cedinho para poder apreciar o sol nascendo, as flores se abrindo e os pássaros voando. 

Nada melhor que o sentimento agridoce invadindo o coração e se aconchegando em um cantinho para que permaneça ali por um bom tempo. Experimente ter um dia repleto de leveza, o segredo é a simplicidade. Um sorriso que damos ao estranho que cruza nosso caminho e até aquele bom dia que desejamos para aquela vizinha fofoqueira. Sabe aquela famosa frase “Gentileza gera gentileza”? Então, coloque-a em prática, seja gentil e você vai perceber que logo logo as coisas irão melhorar, seu dia terá mais cor e sua vida será mais doce. Algumas atitudes, por mais pequenas que sejam, podem mudar o dia de alguém, o seu dia e fazer você sentir-se cada vez mais vivo.

31 de agosto de 2017

Manuscritos

És a prova viva de que consigo suportar as maiores dores. És a fonte de água que sarou terras feridas. És canção suave que ganhou vida. És caminho para quem anda perdido. És conforto e abrigo. Humildemente, veio em forma de homem e se fez de filho. Estendeu a mão à quem o feriu. Perdoou quem o odiou. Exemplo vivo de perfeição. E me amou, logo eu, em meu estado, doente e perdido, sem forças e sem juízo, envergonhado. Mas o amor foi maior que tudo isso. Jesus me achou.


29 de agosto de 2017

Imagem do dia


Um pequeno gesto de carinho e atenção, um sorriso contagiante de ternura, uma palavra doce que anima, um abraço por inteiro, e não por mera educação, podem mover as pessoas para longe de sua dor, podem acalmar um coração atormentado

Mesmo quando pensamos que nem Deus está olhando para nós, olhando por nós, ele mesmo cria um meio de se fazer percebido e revelar seu zelo e seu amor em uma linguagem pela qual possamos compreender que ele está presente, que cuida de nós.


Devemos nos alimentar da vida que é a palavra e transportar vida que é fazer a boa obra em nome do Senhor Jesus Cristo.  

23 de agosto de 2017

Que o fogo nunca se apague do altar



"Que o fogo nunca se apague do altar"
Foi a ordem que você me deu
Eu pensava estar atento, mas
O fogo apagou
Mas a glória se foi

Eu quero voltar a queimar outra vez
Eu quero me apaixonar novamente
Preciso queimar,
Preciso subir como incenso e aroma suave

Vem e sopra
Sobre as cinzas
Ainda existe brasa acesa

Faz o fogo tomar conta de mim
Ah, eu coloco os meus sonhos
Sim, eu coloco os meus planos
Como lenha pra queimar

Eu te dou a minha vida
Eu te dou a minha vida

Persevere sua vitória é certa!



Não fique triste se não ver os frutos de sua fé nesse momento. Eles com certeza aparecerão, se preocupe em plantar. Não desista de usar a fé, quanto mais colocar em prática a palavra de Deus mais resultados colherá. Continue lutando, nada é em vão. Cada luta enfrentada é uma muralha que derruba. Persevere sua vitória é certa!

20 de agosto de 2017

Deixe Deus falar ao seu coração

Não se surpreenda com ataques ferozes que você sofre dentro da sua mente. Quando tiver dificuldade para Me encontrar, não deixe que o desânimo o domine. Você está envolvido numa grande batalha espiritual, com o mal tentando afastá-lo de Mim. Quando sentir que isso está acontecendo, chame Meu nome: “Jesus, ajude-Me!” Neste momento, a guerra se tona Minha; seu papel é simplesmente confiar em Mim enquanto luto por você. Meu nome tem o poder ilimitado de abençoar e proteger. No fim dos tempos, todos de ajoelharão (no céu, na terra e sob a terra), quando Meu nome for proclamado. As pessoas que preferem a palavra “Jesus” em vão serão assoladas pelo terror. Mas todos aqueles que se aproximarem de Mim com confiança, sussurrando Meu nome com fé, serão preenchidos com uma alegria indizível e gloriosa. Esta é sua maior esperança, enquanto você aguarda Meu retorno.

— Deus falando com você

As dificuldades chegam em nossas vidas e muitas das vezes deixamos que essas situações tome conta de nós

Ficamos desesperados, sem saber o que fazer, e ainda questionamos a Deus o porquê de tal situação, mas esquecemos da grandeza de Deus. Mas se passarmos por tal situação, é porque Deus sabe e tá permitindo, é propósito de Deus em nossas vidas. Não entendemos o agora, mas lá na frente Deus irá mostrar o porquê, e aí vamos parar e pensar: Senhor, quero viver os teus planos e não os meus. Quando decidimos e aceitamos que os planos de Deus são maiores e melhores que o nosso, tudo se ajeita. Deus põe tudo no lugar, Ele tira do nosso caminho o que deve ser tirado, Ele nos molda a sua maneira dia após dia para sermos sua imagem e semelhança.

Somos uma geração de pessoas preocupadas

 Alguns de nós passamos muito tempo preocupados e algumas vezes até com medo das circunstâncias. Somos levados a momentos de instabilidade e angustia, não sabemos o que estar por vir e outros até sabem por meio dos profetas de Deus, mas sofrem em seus corações quando demoram a ver cumpridas as promessas de Deus. Saibam que esses sentimentos não vem do Senhor. Se por alguma razão, qualquer uma! estes sentimentos vierem a te perturbar abra a bíblia ou escute um louvor.  Conecte-se com Deus e sinta Ele falar contigo. 

Pesquisando um pouco descobri que a palavra grega para medo e também no hebraico antigo, quer dizer: uma fuga ou um correr de algo ou alguém. E de fato quando estamos com medo e preocupados nós desejamos correr daquela situação o mais rápido possível. É por isso que devemos abrir  nossas bíblias ou aplicativos e focar na palavra de Deus. A Bíblia nos ensina a não temer. 

As palavras não tema aparecem em conjunto, pelo menos, 144 vezes na Bíblia. E quando a Palavra de Deus diz a nós não tema, Deus está dizendo para nós: - Filho não fuja! Não tenha medo do que lhe aflige. Ele diz ao meu coração: Beatriz, invés de fugir, você precisa correr em frente para tudo o que Deus tem para você. É o que Ele diz a vocês também. Não importa o tamanho da sua preocupação, ela nunca será maior que Deus. 

O problema é que as vezes tratamos os nossos problemas e medos como se eles fossem gigantes e isso acontece porque o mal alimenta em nós essa ideia. Obvio que o inimigo não quer que alcancemos as nossas bençãos. As vezes usa até mesmo pessoas a nossa volta para nos desanimar, dizer que "talvez seja melhor esquecer isso e seguir adiante". Outros dizem: - "vire a página do seu livro e escreva um novo capitulo sobre essa área da sua vida", mas e Deus? O que Deus disse a respeito disso? Ele também disse para você ir adiante ou para perseverar e não temer o mal? 

Somos filhos de Deus, chamados assim por adoção devido ao sacrifício vivo que foi Cristo ao morrer por nós. Como filhos devemos ouvir a voz de nosso Pai. Não somos mais dominados por um eu insensato que vive carnalmente. Somos filhos e servos de um Deus que nos resgatou e deu uma missão. Nós ao aceitarmos a Cristo, temos a palavra revelada e passamos a abrigar o Espirito Santo em nós. Devemos ouvir o que Deus tem para nós. Só ele tem as palavras de vida eterna, só ele conhece o ontem, hoje e o amanhã. 

Não fuja! Quando permitimos que essa ideia maligna de medo domine nossos corações, nós passamos a correr em sentido oposto aos sonhos de Deus. Nós corremos para trás, regredimos a tal ponto que alguns de nós se descobrem sendo as velhas criaturas de sempre. 

Possamos ser corajosos, ser audaciosos! Não venhamos permitir que a dúvida implantada pelo inimigo roube de nós os nossos planos, sonhos, bençãos, promessas. Se mesmo em meio as lagrimas, nós continuamos a avançar, Cristo é conosco e irá nos ajudar a mover em direção ao prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus!

Falo isso porque sei que nenhum de nós recebeu de Deus nenhum espírito de temor. Deus é um pai misericordioso e apaixonado por nós. Ele nos dá um espírito de poder e amor e uma mente sã. 

Declare hoje - em voz alta - e sem medo:

Eu não vou fugir com medo, mas vou avançar em tudo o que Deus tem para mim!

Então - não se sentiu bem? 

17 de agosto de 2017

A fé que opera pelo amor

Nós cremos em Cristo, por Cristo, e sobre Cristo – aceitando-o por causa do registro que Deus nos deu acerca de seu Filho – de que Ele é a propiciação pelos nossos pecados. Aceitamos a indizível dádiva de Deus, e recebemos Jesus como nosso tudo. Se eu quisesse descrever a Fé salvadora em uma só palavra, eu diria que é confiar. É crendo em Deus e, assim, acreditando em Cristo, que confiamos a nós mesmos, bem como nosso destino eterno, nas mãos de um Deus reconciliado. Como criaturas, erguemos nossas vistas ao grande Pai dos Espíritos. Como pecadores, confiamos, para o perdão de nossos pecados, à expiação de Jesus Cristo. Sendo fracos e frágeis, confiamos no poder do Espírito Santo para nos fazer santos e, assim, nos manter. Arriscamos nossos interesses eternos no barco da Graça, contentes em nadar ou afundar com ele. Nós confiamos em Deus por Cristo.

Pregado na noite de domingo, 11 de novembro de 1883
 Por Charles Haddon Spurgeon 
No Exeter Hall, Londres

16 de agosto de 2017

Não desista, não pare de crer, os sonhos de Deus jamais vão morrer

Sabe aquelas manhãs em que a gente não quer sair da cama? Não porque o dia está frio e as cobertas aconchegantes. Não havia conseguido dormir. Na verdade, duas semanas que não sei exatamente o que é dormir tranquilamente.

Não me sentia cansada. Na verdade, estava cansada sim, mas não no corpo. Era na alma, nos sentimentos, nas emoções. O desgaste por tantas pressões que eu estava vivendo sugava as minhas forças e eu parecia ter chegado ao limite. Você já teve vontade de sumir?

TODOS, sem exceção, lutam com imensa garra e valentia.

Alguns lutam para amar e por amor. Lutam para perdoar e para serem perdoados. Lutam pela família, e, às vezes, contra algo ruim que havia dentro delas. Lutam por um “sim” e lutam para sorrir diante do “não”. Talvez estejam lutando contra o pânico e a depressão. Outros lutam pela paz e para serem felizes. Quantos aqui lutaram as próprias guerras e as que nem eram nossas. Lutamos todos para não desistir, mesmo diante dos piores fracassos e das maiores impossibilidades.

Embora procuremos evitar as guerras, elas são necessárias; sem elas não se hasteia a bandeira branca nem se conquistam novos espaços. Toda guerra é uma oportunidade para ampliação do nosso território; as batalhas são um elemento consolidador da nossa identidade.

Essa guerra em específico que me rouba o sono, ela busca algo pelo qual Jesus deu sua vida, salvação de uma vida. Vidas que ainda não tiveram um encontro verdadeiro com Deus. Já ouviram falar, mas não o amaram. Não se entregaram e sem apaixonaram com um amor maior que todos os amores. Vida que Deus clama, ama e por meio de tudo que tem acontecido, será resgatada. Não tem sido fácil. Muitas lágrimas foram entregues no altar de Deus, mas acredito na soberania de Deus sobre nós, e vejo como ele transforma derrotas em bênçãos e vitórias.

É preciso lutar para ser feliz. E não desistir. Jamais. Por isso, viva o melhor desta vida hoje, não espere para depois. O dia de Deus é agora!

Não se permita desanimar por causa de uma palavra contrária ou atitude fria de quem tanto amamos. Deus conta conosco para que essas pessoas encontrem com Ele. O mesmo preço foi pago por nós. Todo amor que entregamos pelo próximo é pouco perto do que recebemos diariamente de Deus todos os dias.


Palavra de Deus diz:

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.
Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?
Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Como está escrito:Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia;Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.


Todos nós temos um propósito divino planejado por Deus a ser cumprido. Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. Romanos 11:36

O que nos faz vencer não é o ato de não fracassar nunca, mas sim, não desistir! Não desistir quando cai, não desistir quando perde, não desistir quando é ferido, não desistir quando as portas se fecham, não desistir quando o chão parece se abrir debaixo dos pés. Insistir quando as coisas dão errado, insistir quando se é rejeitado, insistir quando se erra, insistir quando se é traído, insistir quando tudo em nós diz “desisto”.

1 Coríntios 13:1-13

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Nunca pare de lutar






Em tempos de guerra, nunca pare de lutar
Não baixe a guarda, nunca pare de lutar
Em tempos de guerra, nunca pare de adorar
Libera a Palavra, profetiza sem parar

O escape, o descanso, a cura
A recompensa vem sem demora
Não existe uma dor maior ou menor ; dor não se mede nem se compara. Dor se sente e se respeita, quando não está em nós,  mas no peito de outra pessoa. 


Adore com sua felicidade

Três jovens hebreus adoraram na fornalha ardente! Paulo e Silas cantaram à meia-noite na prisão! Estêvão adorou enquanto ele estava sendo apedrejado! Ana adorou quando ela ainda não estava grávida! Escolho adorar com alegria como eles.


15 de agosto de 2017

Imagem do dia


Deus perdoa, mas diz: vá e não voltes mais a pecar.

Quando Espírito Santo é conosco ele nos recorda que fazer alguns atos podem enaltecer a carne e enfraquecer o espírito, então nos corrige ao arrependimento para que inimigo não vença em nossas fraquezas.

Oremos:Perdoa Pai meu momento de fraqueza. Perdoa se cedi a qualquer tipo de desejo. Senhor tu sondas meu coração e saber não quero pecar me corrompendo algo maior. Lava meu coração enquanto confesso meus pecados afim de que não venha me afastar de ti. Sonda meu coração, esquadrinha o meu eu. Seja nova criatura. Amém
Deus perdoa, mas diz: vá e não voltes mais a pecar.