Como diz o sábio Chapolin Colorado: - sigam-me os bons!

Para leitura completa dos versículos disponíveis nas postagens do Blog, todos os links são de acesso direto ao capítulo referente no BIBLIAONLINE.


28 de maio de 2014

Meu desabafo

As vezes precisamos parar tudo e cuidar da saúde. Pena que aprendi isso da maneira mais complicada. À dias meu corpo vem deixando sinais de que precisava relaxar e "pegar leve" e eu muito teimosa mantive firme minha rotina de 6:00 às 02:00 de segunda à sábado com muitas atividades complexas e pouquíssimo descanso.

Hoje o alarme não soou da mesma forma e vi a imensidão dos efeitos e estragos dessa rotina. Alguns vivem bem sob stress, eu não. 

Hoje vi que as crises de enxaqueca eram alertas positivos para uma mudança de rotina e eu desobediente não esperava que houvesse algo pior. Estou de cama e bastante assustada. Oro a Deus por forças para passar por todo o tratamento sempre confiante na recuperação.


22 de maio de 2014

Deus necessito da tua força, da tua graça. Eu não vou desistir de conquistar para mim e trilhar o senhos que o Senhor desejou para a minha vida.

Amém

Efésios 4:1-8, 10-16 NVI

Como prisioneiro no Senhor, rogo-lhes que vivam de maneira digna da vocação que receberam. Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor. Façam todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. Há um só corpo e um só Espírito, assim como a esperança para a qual vocês foram chamados é uma só; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo, um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos.  E a cada um de nós foi concedida a graça, conforme a medida repartida por Cristo. Por isso é que foi dito:
“Quando ele subiu em triunfo às alturas, levou cativos muitos prisioneiros, e deu dons aos homens”. 
Aquele que desceu é o mesmo que subiu acima de todos os céus, a fim de encher todas as coisas.) E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo. 
O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro. Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo. Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função.