Como diz o sábio Chapolin Colorado: - sigam-me os bons!

Para leitura completa dos versículos disponíveis nas postagens do Blog, todos os links são de acesso direto ao capítulo referente no BIBLIAONLINE.


22 de julho de 2012

Provérbios 3:27-32



Quanto lhe for possível, não deixe de fazer o bem a quem dele precisa, Não diga ao seu próximo: "Volte amanhã, e eu lhe darei algo", se pode ajudá-lo hoje. Não planeje o mal contra o seu próximo, que confiantemente mora perto de você. Não acuse alguém sem motivo, se ele não lhe fez nenhum mal. Não tenha inveja de quem é violento nem adote nenhum dos seus procedimentos, pois o Senhor detesta o perverso, mas o justo é seu grande amigo. 

Provérbios 3:27-32

17 de julho de 2012

O que devemos ofertar?



Me perguntaram isso esta manha, a verdadeira oferta é a entrega da nossa vida no altar de Deus. Essa entrega tem que ser feita por inteiro. Palavra de Deus nos fala muito sobre ofertas (Abel, por sua vez, trouxe das primícias do seu rebanho e da gordura deste. Agradou-se o SENHOR de Abel e de sua oferta. (Gênesis 4.4

Primícias a minha vida, a sua vida precisa ser uma oferta diária e precisa ser a melhor e nossos atos tem que demonstrar isso. Ore sempre a Deus por sabedoria nesse aspecto para saibamos dar sempre a nossa melhor oferta e com o coração sincero. E que possamos entender a diferença em algo verdadeiro e algo que nos dê posição reconhecimento.

Acontece muito dentro das igrejas, as pessoas fazem coisas grandiosas para agradar as outras pessoas, ser motivo de comentários,certa vez pude presenciar até pessoas falando alto e em bom tom "FUI EU QUE FIZ" se esquecendo que Deus é quem nós dá condições diárias para fazer suas obras. 

É normal do ser humano gostar de atenção passo por isso também quantas vezes fiquei triste por não ter visitas ou comentários no blog e quando percebo tal atitude oro. Minha mãe certa vez me disse que a obra de Deus tem que ser feita com coração puro e amor, principalmente na obra missionaria. É uma obra delicada, cheia de desafios. 

Se faço algo ainda é muito pouco perto do que Ele tem feito por mim. 

Ore comigo: Senhor, ajuda-me a dar a minha melhor oferta. Que possa entraga-la diariamente sem desviar-me ou olhar para os lados e caso isso aconteça que teu Espirito Santo seja comigo me dando força e libertação.

Que a minha vida dê frutos bons e que minha oferta clame como a de Abel. Desperta-me oh Deus, não deixe que eu seja como as virgens imprudentes que ficaram adormecidas (com o mundo) não vigiaram e nem perceberam que o azeite de suas lâmpadas estava por acabar. 

(Mateus 25)
Amém

Versículo do dia

Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. 
João 17.15

10 de julho de 2012

Deus, hoje não estou com vontade


A ideia do post de hoje veio após uma calorosa conversa em família sobre fazer algo obrigado (qualquer coisa) e percebi que isso também acontece dentro das igrejas. 

Caros leitores entendam algo IMPORTANTÍSSIMO não faça NADA para Deus com o coração fechado ou murmurando. Aprendi com os anos que não adianta absolutamente nada, pelo contrario o seu sacrifício, jejum, oferta, atividade, louvor, enfim, qualquer coisa que esteja disponibilizando fazer "forçado" perderá a essência do que realmente deveria ser. 

Muitas pessoas pensam que somente o fato delas colocarem um certo valor dentro de um envelope, já estão sacrificando. Digo com toda convicção que não é bem por ai. 

Você pode fazer seu melhor com amor. Tem que estar dentro de você essa diferença. O seu coração precisa estar totalmente certo do que você esta fazendo aberto para ouvir e obedecer a voz de Deus.

Você precisa colocar sua vida no altar. Levar aquilo de maior valor sua vida, suas vontades, seu ego, seus hábitos. Apreender a renunciar seus costumes e caprichos. Compreender a importância da salvação.

Uma dica: Coloque suas vontades em segundo plano (não digo para deixar te ter ou de fazer-las, mas saber reconhecer o que vem de Deus e o que é da carne). E sempre esteja em oração. Use de sabedoria em momentos como esse, melhor que fazer sem vontade é orar para que Deus aja em sua vida e retire esse desanimo e lhe dê capacitação, animo e novos projetos.

Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Apocalipse 3:20


Versículo do dia

"Porque andamos por fé, e não por vista"
  2 Coríntios 5:7

9 de julho de 2012

Louvando a Deus nas situações boas e más.



“Ao ouvir isso, Jó se levantou-se rasgou o manto e rapou a cabeça. Então prostrou-se, o rosto em terra, e adoração, e disse: ‘ Sai nu do ventre da minha mãe, e nu partirei. O SENHOR me deu, o SENHOR o levou, louvado seja o nome do SENHOR” ( Jó1.20-21)

Se Deus está no controle, então por que isso está acontecendo comigo? Talvez essa seja sua primeira reação quando a calamidade o alcança. Todos vivemos períodos de sofrimento, alguns maiores que outros. Isso é inevitável, inexplicável e muitas vezes imerecido, mas TODOS nós passamos por momentos assim.

Jó, um homem que nada fez para merecer seu destino, perdeu TUDO, incluindo todos os filhos e a sua saúde. Nada em sua vida poderia ser pior. Até o fim de tudo, porem, mesmo no momento de maior tristeza, ele não amaldiçoou a Deus. Poderia tê-lo culpado, mas não o fez. Confiou nele. Sua reação à tremenda perda foi humilhar-se e adorar a Deus.

Jó suportou esses momentos terríveis sem que sua adoração a Deus sofresse abalos, e sua vida foi finalmente restaurada. Porque Ele adorou a Deus ao invés de murmurar, ou desistir de tudo. Jó perdeu sete filhos e três filhas, mas no final Deus lhe deu outros filhos e filhas, e muito mais. Talvez você esteja pensando “bom para ele, mas ainda ele perdeu os primeiros filhos e bem se sabe que não pode substituir um filho como se substitui uma casa”.

Muitas vezes as marcas sempre existirão não se apaga a história, mas Deus extrai o bem de tudo. A Bíblia diz “Como vocês sabem, nos consideramos felizes aqueles que mostraram perseverança. Vocês ouviram falar sobre a perseverança de Jó e viram o fim que o SENHOR lhe proporcionou. O SENHOR é cheio de compaixão e misericórdia” (Tiago5.11).

Por mais dificuldades que tenhamos, chegará um tempo em que a vida voltará a ser boa. Devemos louvar a Deus por TUDO. Nem sempre conheceremos a razão de nosso sofrimento, mas podemos ter certeza de que Deus o permite com um propósito.

Isso não torna o sofrimento mais fácil, mas dá-nos esperança para o futuro. Não desista em meio a uma grande perda, ao desapontamento ou ao fracasso, pois perderá o maior milagre em sua vida. Se, em vez disso, você louvar a Deus, verá o nascimento de algo novo e bom.


Ore: “Deus ajuda-me a atravessar esses momentos difíceis, ajuda-me a lembrar em todos os momentos que o Senhor esta sempre comigo e sabe que TUDO é para o meu crescimento.”

2 de julho de 2012

Pode ser difícil vivenciar relacionamentos por causa de uma variável importante: a outra pessoa!


Devido a essa grande incógnita, podemos estar seguindo alegremente o nosso curso fazendo o melhor possível, quando de repente nos encontramos no meio de uma crise no relacionamento. Algumas dessas horas mais difíceis de nossa vida podemos ser exatamente aquelas em que temos problemas com as pessoas.

Qualquer tipo de relacionamento pode fazer-nos sofrer. Conflito com a mãe ou o pai, com um irmão ou uma irmã, com marido, esposa, namorado ou namorada pode ser um chefe, um vizinho. A questão é gostemos ou não, os relacionamentos são muito importantes para cada indivíduo. Não é possível viver sem eles. Nem Deus quer isso para nós.

Ele nunca planejou que vivêssemos completamente separado da outra pessoa. Muito do que Deus quer realizar em nós ocorrerá á medida que crescemos nos relacionamentos com as pessoas que Ele coloca em nossa vida.

Todo relacionamento requer um sacrifício. Todo sacrifício tem uma recompensa. Se conhecêssemos as recompensas, não hesitaríamos em fazer sacrifícios. Parte do sacrifício é que devemos confessar o nosso verdadeiro eu, nosso orgulho e as nossas necessidades.

Precisamos ser amados, cuidados, valorizados e respeitados, mas devemos lembrar que essas necessidades só serão de fato satisfeitas quando não exigimos e sim quando abrimos mãos delas. Humilhar-se é considerar as necessidades do outro superiores as nossas. Isso pode ressuscitar um relacionamento que sofreu ferimentos mortais.

Manter-se no caminho certo em qualquer relacionamento significa livra-se do excesso de bagagem pessoal. Falta de perdão e inveja são exemplos dessa bagagem. Essas atitudes negativas criam rupturas em todo o relacionamento e ficam evidentes, mesmo que os demais não reconheçam exatamente que estão vendo.

Os momentos críticos dos relacionamentos podem ser minimizados se nos humilharmos diante de Deus e pedirmos que Ele nos guie, passo a passo, sempre que a inveja e falta de perdão se fizerem presentes. Trata-se de um sacrifício que sempre resulta em grande recompensa.

A melhor maneira de proteger o seu relacionamento é certificar-se de que esteja nas mãos de Deus. Embora possamos fazer muito ao oferecer nosso amor e perdão, só Deus pode abrandar suficientemente o coração das pessoas para que consigam recebe-los. Ore a Deus.

E uma dica : Liberte a pessoa e agarre a Deus. Essa perspectiva pode ajuda-lo a superar as falhas da carne e eleva-lo á esfera dos milagres. Quanto mais forte for o relacionamento com o Senhor, melhores serão os demais relacionamentos. Esses momentos podem ser projetados para que você se torne mais intimo de Deus. Portanto, torne o foco de sua atenção e confiança naquele que tem o melhor para ti.