Como diz o sábio Chapolin Colorado: - sigam-me os bons!

Para leitura completa dos versículos disponíveis nas postagens do Blog, todos os links são de acesso direto ao capítulo referente no BIBLIAONLINE.


3 de novembro de 2017

 “Uma coisa peço ao SENHOR, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do SENHOR e meditar no seu templo”. (Salmos 27.4)

O Rei Davi é um grande exemplo, no Antigo Testamento, de alguém que sempre manteve o foco em somente buscar a Deus acima de qualquer situação. Nós, universitários ou pré-universitários, somos constantemente bombardeados com tarefas diárias: provas, seminários, estágio ou obrigações de casa e do dia-a-dia. E isso faz com que não tenhamos um tempo de qualidade com o nosso Criador, deixando de lado a única coisa que realmente importa nessa vida: se relacionar com Ele.

Nos dias de hoje, possuímos muitas coisas em comum com Davi, que também tropeçava em pecados, chorava, tinha momentos de profunda angustia e tristeza que o faziam entrar em depressão. Assim como nós, ele vivia cercado de problemas. Mas ainda assim era chamado de o “homem segundo o coração de Deus”, pois era um homem de oração e que buscava a Deus de forma sincera.

Mas afinal, qual era o segredo de Davi para ter tamanha paixão para com o Senhor? Era a sua confiança nEle. Davi não enxergava Deus fisicamente, e também não ouvia Sua voz de forma audível. Porém, estudava e meditava muito nos livros de Moisés. Ele conseguia se relacionar com o Criador através das Escrituras, a quem servia independente das circunstancias ao seu redor, do medo, das angustias e coisas que davam errado. Davi conseguia passar por tribulações devido ao seu relacionamento íntimo com o Senhor. Não houve deserto em seu coração, embora não faltasse deserto à sua volta. Olhe para Davi e seu coração, pois ele buscava o Pai de uma forma centrada; procurava morar na Casa do Senhor todos os dias e a tocar o deleite dEle. A paixão de Davi existia porque ele era satisfeito e realizado em Deus. Ele amava o Soberano porque sentia um grande amor vindo do Próprio.

Não se contente com um relacionamento raso com Deus. Se entregue a para viver algo profundo com Ele. Assim como diz no livro de Ezequiel, capitulo 47, que a sua torrente de água purificadora nos inunde, para que possamos entrar cada vez mais fundo em um relacionamento com o Pai. Peça ao nosso Criador por um despertamento incontrolável de busca-Lo, onde a nossa paixão e foco estejam totalmente voltados em Cristo; e que Ele venha e faça morada em nós.

14 de outubro de 2017

Deserto é local de passagem e não de moradia


DEUS não criou o deserto para ser morada permanente, mas, sim, um lugar de posicionamento na presença do Senhor. É um momento em que seguramos na mão de DEUS, redobramos a nossa fé e somos conduzidos à terra prometida. “Se o Senhor se agradar de nós, então nos introduzirá nesta terra e no-la dará; terra que mana leite e mel” (Nm. 14:8).

Deserto é local de se conhecer a si mesmo
Neste lugar ermo, solitário, conhecemos, na íntegra, o nosso “eu”. Entramos em contato com nossas angústias. É um lugar de total aprendizado, onde o nosso coração se revela sem reservas para DEUS. É um lugar onde buscamos um caráter diferente e entendemos que precisamos ser servos para receber as promessas. “Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração” (Os. 2: 14).

Deserto é lugar de encontro com DEUS
Simboliza um momento de muita angústia, de muito sofrimento, como quando, por exemplo, perdemos entes queridos, passamos por períodos de doenças físicas, emocionais, por dificuldades financeiras, entre tantas outras situações que, verdadeiramente, caracterizam um deserto. Neste momento, não temos que temer, porque agora, estamos vivendo o nosso encontro com DEUS.


No deserto, aceitamos o chamado do Senhor. “Porque o Senhor consolará a Sião, e consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Éden e a sua solidão, como o jardim do Senhor; gozo e alegria se acharão nela, ações de graça e voz de melodia” (Is. 51: 3).

O deserto é lugar de fortalecimento. Se o Senhor nos permite passar pelo deserto é porque Ele está conosco, liberando cura, salvação, restauração e milagres!


Louvo pela vida da Dra. Bárbara Yara Santana Marquês Menezes Mestre em Ciências da Saúde – Área de Reabilitação pela UNIFESP, psicóloga e líder da Rede de Mulheres Peniel e membro do corpo de psicólogos e psiquiatras cristãos da Igreja Metodista Renovada que compartilhou comigo essas palavras poderosas. Deus possa abençoar ela grandemente! 

7 de outubro de 2017

A pior coisa que você pode dar pra Deus é uma desculpa



"O teu futuro não é construído pelas orações de domingo, mas pelas decisões de segunda-feira". A frase em tom de alerta foi compartilhada pelo pastor e conferencista Tiago Brunet em uma de suas pregações, meses atrás, quando compartilhou uma Palavra com a Igreja Comunidade de Fé.

Tiago destacou que apesar da Bíblia ser cheia de promessas para os seguidores de Jesus, ela também indica princípios a serem seguidos e alertou àqueles que têm buscado "desculpas" para não se empenhar em cumprir tais instruções preciosas dadas por Deus.

"Sempre quando Deus nos pede alguma coisa, temos uma boa desculpa. Deixa eu te falar uma coisa: Deus te levanta até dos teus fracassos, mas nunca das tuas desculpas", alertou. "O teu futuro é construído pelas decisões que você toma e não pelas desculpas que você dá; não é construído pelas orações de domingo, mas pelas decisões de segunda-feira".


Frutos
O pastor também lembrou que um cristão que não frutifica entristece fortemente o coração de Deus.

"Dar frutos não é questão de status no Reino de Deus e sim uma questão de sobrevivência. Eu nunca vi na Bíblia, Jesus amaldiçoar um mendigo, uma prostituta ou qualquer que fosse o pecador, mas uma árvore sem frutos, Ele amaldiçoou", destacou.

Tiago alertou que o fato de ser 'espiritual' aos domingos, na Igreja, e ter uma atitude de comodismo em outros ambientes (como no trabalho, por exemplo) não tem qualquer coerência na vida de um cristão.

"No domingo, todo mundo é espiritual, mas na segunda-feira, que a gente está lá fora, na batalha, na guerra, no dia a dia é aí que a gente mostra quem é. Deus está muito mais interessado na tua segunda-feira que no teu domingo", afirmou.


Princípios e promessas
Segundo o palestrante alertou, muitos cristãos têm se iludido por falta de conhecimento bíblico ou por não entender os contextos de cada passagem bíblica que envolvem as promessas.

"Nós perdemos a oportunidade de dar frutos no Reino, porque não atentamos para toda instrução que vem antes das promessas", destacou. "Antes de toda promessa, vem uma instrução, sem excessão [...] Mas como a gente não sabe ler, só foca na promessa".

"Você não segue a instrução, mas quer o cumprimento da promessa. Mas só quando você cumpre os princípios Deus cumpre as promessas, porque toda promessa está atrelada a um princípio".


O texto acima foi publicado primeiramente no guiame.com e a eles pertence. 






O Pr. Tiago tem sido meu pastor, meu mentor.  Enviado de Deus para ser meu instrutor não apenas da palavra de Deus, mas também como desenvolver as minhas habilidades e competências e ser a melhor versão de mim mesma. Tem me ensinado a descobrir o meu propósito de vida por meio do meu ICP e como alcança-lo. Compartilho aqui um pouco das palavras dele, mas fica também o convite para conhecer outros vídeos CLICANDO AQUI assistam! 

O que tenho aprendido com ele em poucos dias, gostaria de ter tido oportunidade de saber bem antes. Vem a reflexão de como seria a Beatriz se ela tivesse lido melhor a bíblia, prestado atenção nas instruções, tivesse sido mais diligente no cumprimento dos princípios bíblicos?


2 de outubro de 2017

Estou coração partido, mas tenho em Deus toda a minha confiança

Um coração partido é epicamente maior do que uma mera decepção e entra em nossas vidas com uma força que deixa tudo mudado para sempre. Um coração partido vai deixar você com dor e pesado com tristeza. Um coração partido vai deixar você sem fôlego.

Deus sabia que, enquanto vivêssemos deste lado do céu, que haveria pessoas, eventos e problemas que iriam quebrar o coração de Seus filhos amados e assim Ele tem um plano para o momento mais devastador de sua vida.

A palavra "quebrado" em hebraico é a palavra Shabar e significa "rasgar violentamente, quebrar ou esmagar; Mutilar, aleijar, derrubar ou quebrar" O hebraico antigo é uma língua muito descritiva e por isso esta palavra Shabar vem não só com uma definição, mas também com situações em que ela foi usada. Esta palavra foi usada para descrever navios que haviam sido estilhaçados e rasgados de proa a popa devido aos ventos ferozes e selvagens. Também foi usada para descrever a ação de rasgar e romper que selvagens, bestas vorazes realizavam em suas presas. Poderia ser traduzida literalmente como "os de coração rompido."

A palavra para "coração" nesta Escritura em particular é a palavra Leb e ela está se referindo à alma ou o coração de um homem. Ela engloba o caráter moral, apetites, emoções, paixões e até a mente e a memória.

Quando o salmista declara que "O Senhor está perto daqueles de coração quebrado", suas palavras são palavras ditas com cuidado e grande compaixão. Ele está lembrando a toda a cristandade nas épocas ainda por vir que o Senhor é amorosamente atento àqueles que estão sofrendo uma dor inimaginável. Esta dor pode ter sido causada por uma grande tempestade em sua vida ou por uma pessoa selvagem e feroz, mas o Senhor está em pé ao seu lado atentamente prestando atenção diligente ao seu coração despedaçado e sangrando.

Se você já sofreu com essa condição torturante, posso assegurar-lhe que você nunca esteve fora do cuidado de Deus. Se, hoje, você está emocionalmente dilacerado e quer saber como você vai passar por isso mais um dia, eu quero te confortar com a certeza de que Ele está com você agora.



Salmos 34

1 Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca.
2 A minha alma se gloriará no Senhor; os mansos o ouvirão e se alegrarão.
3 Engrandecei ao Senhor comigo; e juntos exaltemos o seu nome.
4 Busquei ao Senhor, e ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores.
5 Olharam para ele, e foram iluminados; e os seus rostos não ficaram confundidos.
6 Clamou este pobre, e o Senhor o ouviu, e o salvou de todas as suas angústias.
7 O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra.
8 Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia.
9 Temei ao Senhor, vós, os seus santos, pois nada falta aos que o temem.
10 Os filhos dos leões necessitam e sofrem fome, mas àqueles que buscam ao Senhor bem nenhum faltará.
11 Vinde, meninos, ouvi-me; eu vos ensinarei o temor do Senhor.
12 Quem é o homem que deseja a vida, que quer largos dias para ver o bem?
13 Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano.
14 Aparta-te do mal, e faze o bem; procura a paz, e segue-a.
15 Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor.
16 A face do Senhor está contra os que fazem o mal, para desarraigar da terra a memória deles.
17 Os justos clamam, e o Senhor os ouve, e os livra de todas as suas angústias.
18 Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito.
19 Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.
20 Ele lhe guarda todos os seus ossos; nem sequer um deles se quebra.
21 A malícia matará o ímpio, e os que odeiam o justo serão punidos.
22 O Senhor resgata a alma dos seus servos, e nenhum dos que nele confiam será punido.


Esse devocional por criado e publicado primeiramente por Carol McLeod do Just Joy Ministeries e gostaria de vir partilhar com todos vocês. 

25 de setembro de 2017

A melhor maneira de você agradar a Deus é deixando-o fazer as coisas por você. Não é tanto o que você pode fazer para Ele, mas o pouco que você permite que Ele faça por você. É diferente. 

No momento em que as pessoas entregam as suas ofertas, elas o fazem por duas razões: por um amor tremendo por Deus ou por culpa, ou seja, quando as pessoas estão vivendo sob culpa ou com pecados, eles acham que podem aplacar a consciência pecaminosa, dando coisas para Deus. Não é assim. Deus não está interessado no seu serviço, mas em você. 

Ele quer o nosso coração,  mas sem amarras ou espaços ocupados por vícios,  idólatras,  lascívia, etc.  Ele quer fazer morada em nós,  mas para isso precisamos nos render ao seu Espírito e abrir nosso coração. Esvaziar os cômodos poluídos e permitir que Ele nos transforme. Dividir nossos medos e anseios e saber reconhecer que os desígnios de Deus são sempre agradáveis e perfeitos.  

23 de setembro de 2017

Música do dia:




Hoje acordei com a intenção
De te falar tudo que eu vi
E percebi você fazendo a mim
Sem merecer me dando de melhor

A tempestade se passou
Quando eu ouvia só trovões
Brilhou o sol tão lindo e me aqueceu
Depois da chuva que me encharcou

Eu te agradeço
Só te agradeço

Eu te agradeço
Por toda graça que me deu
Todo amor que ofereceu
Sem eu merecer
Eu te agradeço
Pois sei que um dia me escolheu
E entregou tudo que era seu
E me fez viver