Como diz o sábio Chapolin Colorado: - sigam-me os bons!

Para leitura completa dos versículos disponíveis nas postagens do Blog, todos os links são de acesso direto ao capítulo referente no BIBLIAONLINE.


17 de dezembro de 2013

Leitura da semana - Livro de Oseias


Oseias:
em hebraico: הוֹשֵׁעַ, transl. Hošeaʿ, tib. Hôšēăʿ, "Salvação do/é o Senhor"; em grego: Ὠσηέ, transl. Ōsēe)

Autor: 

Oseias falou à nação de Israel quando ela se encontrava em meio a uma grade luta, entre os que adoravam apenas ao Senhor e os que defendiam a adoração de falsos deuses, além do Senhor. 

O Significado da mensagem de Oseias: 
Oseias afirmou que a sua palavra era a "palavra do Senhor". O chamado de Deus veio na forma de uma instrução para que Oseias se casasse com uma mulher infiel, e assim a família do profeta tornou-se um modelo para o relacionamento de Deus com Israel. Como seu antecessor, Amós, o profeta pregou a todo o povo de Deus, tanto Israel como Judá, mas enfatizou o juízo que vira sobre as tribos do norte (Israel). 

Oseias nos faz voltar à realidade ao revelar Deus não como uma "força" insensível que distribui respostas às orações, como um tipo de maquina celestial e impessoal, mas como um Criador compassivo. Nesse livro comovente, escrito em um tom bastante emocional o profeta expõe um amor dificil, no qual podemos ver através de suas figuras de linguagem um casamento pouco promissor de um profeta e uma mulher imoral a verdade, onde Deus se apresenta como um amante traído. 

Oseias disse à nação que eles tinham rompido, não somente o concerto, mas também o coração do Senhor. Deus os tinha amado desde o princípio, ainda as amava, e sempre os amaria, mas ao povo rejeitou o seu amor, como uma mulher adultera rejeita seu esposo. 

O amor de Deus dura para sempre. Algum dia os que não mais são o povo de Deus serão, uma vez mais, chamados de "Meu povo", provavelmente dirão, sobre o Senhor: "Tu és o meu Deus"(2.23)

Esse foi o livro escolhido para iniciar as leituras semanais por em seu texto revelar o caráter de Deus. Ele é o Senhor soberano sobre a historia e tem  direito absoluto de trazer juízo sobre o seu povo, mas Ele exerce esse direito somente depois de ter para com eles uma tolerante misericórdia. 

Observarmos aqui que o Senhor exige que todo o povo que adore somente a Ele, e eles devem tratar-se uns aos outros, com justiça. Oseias mostra-nos o que significa "amar ao Senhor teu Deus de todo o seu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu poder" (Dt 6.5), bem como "amar o teu próximo como a ti mesmo" (Lv 19.18).  

Observamos o aqui, que Deus ama o seu povo mesmo quando precisa castigá-lo. A palavra de Deus é tão viva que posso perceber muito do que o profeta viveu em seu tempo se repetindo agora.  Pessoas participando de vários ritos de prazeres e perversões ligadas a embriaguez e sexo. Muitos recorrem a violência e confiam muito mais em nações estrangeiras para solucionar seus problemas do que confiar no Senhor nosso Deus. 

Para o livro de Oseias eu trago alguns temas para nossas orações: 
  • Ore e louve a Deus por seu compromisso eterno com você -  e por sua gratidão ao saber que  nada impede o Senhor de amá-l@ e continuar a buscá-l@.  (2:5-20)
  • Peça a Deus que o livre de todo o compromisso religioso ou devoção superficial, exterior e ritualista. Que nos permita viver uma entrega verdadeira e única.   (6:1-6).
  • Oremos ao Senhor para que nos ensine o que é arrependimento genuíno, sincero, e que corrija quaisquer possíveis tendências nossas de nos desviar dele. (14:1-9).
  • Senhor, dá-me sabedoria e conhecimento para que aja por ignorância e pereça por conta dos meus atos. (4:6-7)


Volte, ó Israel, para o Senhor, para o seu Deus. Seus pecados causaram sua queda!
Preparem o que vão dizer e voltem para o Senhor. Peçam-lhe: "Perdoa todos os nossos pecados e, por misericórdia, recebe-nos, para que te ofereçamos o fruto dos nossos lábios.

Oséias 14:1-3

Nenhum comentário: